Tratamento

Outubro Rosa: doação de perucas e lenços ajudam mulheres com câncer de mama no Brasil


O câncer de mama faz parte da realidade de muitas mulheres. Os dados mais recentes revelam que em 2016 foram diagnosticados 57.960 casos no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Ele é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no país, vindo logo após o de pele não melanoma.

O mês de Outubro se tornou o mês para conscientização e prevenção da doença, mais conhecido como “Outubro Rosa”, por isso várias ações são feitas durante o mês.

Doação de cabelo e criação de perucas

Recentemente na Beauty Fair, maior evento de beleza da América Latina, o projeto “Solidariedade em Fios” reuniu cerca de 80 mulheres que cortaram o cabelo para doação ao Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo. O lugar transforma as mechas doadas em próteses capilares para pacientes em tratamento de câncer.

Aline Maeshiro foi uma das doadoras. Ela estava com um cabelo até o fim das costas e resolveu doar 42 centímetros de mechas, deixando o cabelo bem curto. Foi a maior doação que o projeto teve no dia, gerando um grande material para a construção de perucas.

Como doar cabelo

As pessoas interessadas em participar do projeto podem enviar suas mechas pelos Correios para o Fundo Social (Avenida Morumbi, 4.500, 2º andar, sala 232, São Paulo, SP, Cep 05650-905) ou entregá-las pessoalmente na Escola de Beleza (Condomínio Edifício Água Branca – 73, R. Coriolano, 631 – Água Branca, São Paulo). A única exigência é que as madeixas estejam limpas, secas, amarradas, dentro de um saquinho e que tenham no mínimo 15 centímetros. Ainda existe a possibilidade de o doador cortar o cabelo gratuitamente na própria Escola.

Doação de lenços

Outro projeto que apoia a causa é o Instituto Quimioterapia e Beleza (IQeB). O instituto faz mensalmente uma doação com cerca de 700 lenços para o projeto De Bem Com Você – A beleza contra o câncer, coordenado pelo Instituto Abihpec (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos), o qual promove oficinas de automaquiagem à mulheres que estão em tratamento contra o câncer.

O IQeB foi idealizado pela blogueira e ativista Flávia Flores, com uma história de superação que incentivou a criação do projeto. Formada em Administração, ela já trabalhou em grandes empresas do mercado de moda nacional e internacional. Em 2012, Flávia foi diagnosticada com câncer de mama e foi quando resolveu criar o inédito projeto “Quimioterapia e Beleza”. Em 2013, ela publicou o best seller homônimo, e em 2015 inaugurou o IQeB, e desde então ajuda mulheres que estão na luta pela cura do câncer, igual ela passou.

Má Mascarenhas, uma das presenteadas, postou sua alegria nas redes sociais, com um depoimento em agradecimento aos lenços que ganhou.

“Não sei como agradecer o carinho e o acolhimento de pessoas que nunca me viram. Quando o chão se abre e parece que a queda não vai ter fim, aparece uma página amiga, com pessoas que enxugam suas lágrimas e que você ajuda a enxugar lágrimas também. Você descobre que a maior arma contra o que vai enfrentar é a resistência, a perseverança, a resiliência e sua fé.”

Para Má Mascarenhas, receber o lenço foi como receber um troféu. “Meu troféu, que eu vou erguer e amarrar no alto da minha cabeça e ficar linda para enfrentar o que tiver de enfrentar”, afirma.

Como doar lenços

As pacientes conseguem solicitar ou doar pelo site: www.bancodelencos.com.br. Quando solicitam, elas têm opção de descrever como são e como querem o seu lenço. Antes do envio, que é gratuito, existe um processo operacional que consiste no armazenamento dos lenços, novos ou usados, triagem, higienização, embalagem, separação de pedidos e postagem, além de fazer uma mensagem específica para cada mulher.