Prevenção

Como a higiene dos dentes afeta nossa saúde?

Que a higiene dos dentes é importante, você já deve saber. Até porque, quem não quer ter um belo sorriso como cartão de visitas? Mas, a importância de ter gengivas e dentes saudáveis vai muito além de dentes brancos e hálito fresco.

A limpeza dos dentes pode influenciar diretamente na saúde de todo o organismo. E não estamos falando apenas de grandes problemas, não. Até mesmo uma cárie mal tratada pode gerar complicações para o resto do corpo no futuro.

A importância de manter os dentes saudáveis é tanta que as doenças desencadeadas por maus hábitos na higiene bucal vão desde problemas respiratórios até dificuldades cardíacas. Isso acontece porque as bactérias acumuladas na região não ficam concentradas apenas ali, elas se espalham para outras partes do corpo através da corrente sanguínea.

Entre as complicações mais sérias que a falta de uma adequada limpeza dos dentes pode causar, está, por exemplo, a infecção da válvula cardíaca. Quando as bactérias que se proliferam na boca atingem o sistema vascular, elas podem chegar no tecido cardíaco. Sem um cuidado apropriado, a condição pode evoluir e causar insuficiência cardíaca e também renal.

Periodontite

Um dos maiores perigos ao organismo é a periodontite. Trata-se de uma doença inflamatória que atinge as gengivas e os ossos da boca e evolui rapidamente, causando dores intensas, encolhimento da gengiva e perda dos dentes.

A preocupação se dá porque, além da seriedade das consequências bucais da periodontite, ela pode afetar definitivamente as células da boca. Assim, o risco de câncer é ainda mais elevado, já que as substâncias produzidas pelas bactérias da doença também podem ser cancerígenas.

Câncer de boca

Outro grande alerta que se acende com a má higiene dos dentes é o do câncer de boca. A doença atinge desde os lábios, passando pelo céu e assoalho da boca, até a língua. Apesar do risco ser maior no caso de fumantes e alcoólatras, a doença não deve ser descartada, então é preciso manter os dentes saudáveis para também precavê-la.

Além das doenças que são provocadas diretamente pela falta de limpeza dos dentes, algumas condições podem ser agravadas pelas bactérias. É o caso da diabetes e do Papilomavírus humano, o HPV.

A prevenção aos males, no entanto, é fácil: mantenha uma rotina de limpeza bucal e dentária. Basta seguir todas as recomendações que ouvimos desde a infância. Como bons conselhos nunca são demais, veja abaixo como manter sua boca sempre limpa:

  • Escove os dentes pelo menos duas vezes ao dia. Não tenha pressa, pois é preciso que a escova passe por cada canto da sua boca;
  • Use uma escova de dentes adequada para sua arcada dentária. Consulte seu dentista sobre o tamanho ideal;
  • Utilize fio dental diariamente. É importante que você sempre use uma parte limpa para cada dente;
  • Enxaguantes bucais com flúor também reforçam a higiene dos dentes, mas não devem substituir a escovação ou o fio dental;
  • Vá ao dentista, pelo menos, a cada seis meses;
  • Tenha cuidado com o armazenamento da sua escova também, sempre guardando ela seca e não deixando que passe dos três meses de uso;
  • Evite o contato de áreas mais expostas, como as mãos, com a boca. Hábitos como roer unhas podem impactar diretamente na limpeza e saúde dos dentes.