Bem-Estar

Qual a diferença entre herpes, afta e “sapinho”?

Dor, incômodo e constrangimento. Tanto a herpes quanto a afta e o famoso “sapinho” são inconvenientes que aparecem quando a gente menos espera – e por a boca ser um local delicado, quase nunca sabemos como resolver rapidamente em casa.

O fato é que esses probleminhas carregam muitos sinais, podem ter várias causas, sintomas atrelados e cuidados especiais. Por isso, se você tem ou já teve algum deles, é importante saber a diferença entre herpes, afta e “sapinho”.

Para evitar essas doenças, existem alguns cuidados diários que você pode incluir na rotina como prevenção, alimentação completa e diversificada, hidratação, manter as mãos sempre limpas e também uma boa higiene bucal.

No caso do aparecimento de algum sinal na boca, esteja preparado para identificar e tomar as primeiras providências. Mas sempre lembrando que procurar um médico é essencial, levando em conta que em alguns casos até antibióticos são prescritos para não agravar quadros de infecção, por exemplo.

Anote essas nossas dicas para não confundir mais aquela sua “visitinha” na boca:

Herpes bucal ou herpes labial

Um dos gatilhos para a manifestação da herpes labial ou herpes bucal é a exposição solar intensa (por isso, recomenda-se o uso de protetor labial), baixa imunidade do organismo, estresse, cansaço físico e mental, além de vigência do período menstrual.

Infelizmente, não existe cura para esse tipo de herpes, o que pode ser feito é o uso de antivirais orais e pomadas específicas para inibir a replicação do vírus, tempo e intensidade dos sintomas.

Aftas

Aftas são inflamações pequenas e brancas cercadas por uma área avermelhada. Não são contagiosas e aparecem, principalmente, na mucosa (lado de dentro da boca).

São comuns e recorrentes, de causa incerta, e podem inclusive desaparecer sozinhas. Apesar disso, médicos alertam para fatores como estresse, alergias, cigarro e até tendências genéticas. Para amenizar, pomadas analgésicas e enxaguantes antissépticos podem ser usados.

“Sapinho” ou candidíase

Aqui, o caso é de infecção fúngica, causada por cândida albicans. Branca, amarelada ou avermelhada nas superfícies úmidas da boca, é comum em quem está com o sistema imunológico debilitado, geralmente por alguma doença. Também pode acometer recém nascidos e pessoas que usam dentadura. Remédios contra fungos podem ser usados para controlar a situação quando a doença for incurável ou inevitável.