Arquivo da tag: alimentação saudável

10 alimentos saudáveis para melhorar a produtividade no dia a dia

Você já se pegou desejando que o dia tivesse mais que 24 horas pelo simples fato de não conseguir melhorar a produtividade e resolver todas as pendências da sua rotina de trabalho? Em ambientes onde a carga horária é extensa e exige muito da nossa mente, a exaustão física e psíquica mais cedo ou mais tarde chega.

Cerca de 20% da nossa performance no dia a dia é decorrente dos alimentos que ingerimos. Isso significa a queda de produtividade no trabalho e a dificuldade de ter disposição para conseguir finalizar tarefas no prazo, além de diversos fatores contextuais, pode estar relacionado ao que você come – e uma simples dieta em alimentos específicos para melhorar a produtividade pode ajudar.

Quais alimentos melhoram minha produtividade?

De fato, existem diversos alimentos que ativam áreas próprias do cérebro relacionadas à memória de curto prazo, à agilidade, ao sono e outros que, se estimulados na medida certa, ampliam sua produtividade e te deixam com bastante disposição. São todos alimentos rápidos e práticos que podem ser ingeridos ao longo do dia, ou misturados no almoço ou na janta. E o melhor: são todos naturais! Confira a lista abaixo.

Tomate

Contribui para a saúde dos ossos por ser rico em potássio, auxiliando a diminuir as dores por estar muito tempo em determinada posição.

Beterraba

É rica em carboidratos, então fornece energia para um longo dia de trabalho. Além disso, ajuda na pressão arterial e nos músculos, principalmente do coração.

Ômega 3

Todo alimento rico em ômega 3 é ótimo para melhorar a produtividade, pois reforça as ligações neuronais, o que favorece a concentração e o aprendizado. É encontrado em algumas sementes, mas principalmente em peixes de água salgada. Dentre eles, se destacam a sardinha e o salmão.

Açafrão

Ótimo para ser consumido em parceria com o Ômega 3, o açafrão previne a morte neuronal. Mas cuidado para não exagerar: uma colher de sopa por dia já é o suficiente, e não precisa ser ingerido puro, podendo ser misturado na beterraba.

Mirtilo

Rico em polifenóis e propriedades anti inflamatórias e antioxidantes, o mirtilo não apenas cuida da sua pele, mas melhora sua produtividade, seu aprendizado e sua memória.

Grão de Bico

É fonte de energia para a realização das tarefas do dia a dia por conter uma quantidade considerável de vitaminas do complexo B, sais minerais e proteínas. As vantagens não param por aí: ele contém triptofano, um dos elementos da serotonina, ajudando no bom humor.

Linhaça

Rica em magnésio e Ômega 3, é ideal para ser consumida em conjunto com outros alimentos como peixes. Contribui para a memória e para o controle do colesterol.

Nozes

Talvez um dos melhores alimentos dessa lista para melhorar a produtividade. Na noz encontramos vitamina E, antioxidantes, ácidos graxos e aminoácidos. Além de melhorar a memória, previne a degeneração neuronal e cognitiva e favorece o desempenho cerebral.

Café

Além da cafeína, contém aminoácidos. É o alimento mais instantâneo para melhorar a produtividade: ativa sua memória a curto prazo, além de te deixar com a sensação de bem estar e disposição.

Chocolate amargo

Quem disse que o chocolate não te ajuda a melhorar a produtividade? Assim como o café, contém uma quantidade considerável de cafeína, trazendo a sensação de bem estar, além de magnésio e potássio, que controla o estresse e ajuda a regular a pressão arterial.

Envelhecer com saúde: 5 dicas fundamentais para cuidar do corpo e da mente

A população idosa cresceu 17% nos últimos cinco anos e chegou a 30 milhões de idosos em 2017, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. A projeção é que em 2060 essa população quase duplique, subindo para 58,2 milhões. Esse grande aumento deve-se à preocupação das pessoas em envelhecer com saúde e se cuidar cada vez mais, melhorando os hábitos de vida.

Uma das chaves para a longevidade é o envelhecimento saudável, e, para alcançar isso, é preciso ter diversos cuidados durante toda a vida.

1) Alimentação equilibrada

Antes de tudo, uma alimentação saudável é fundamental na prevenção de doenças, além de ajudar a aumentar a expectativa de vida das pessoas. Existem diversas doenças crônicas que são determinadas, em parte, por fatores de risco ligados à alimentação, como por exemplo as doenças vasculares do coração e cérebro, a diabetes mellitus, a hipertensão e a dislipidemia.

Um dos grandes segredos para evitar essas doenças e alcançar um envelhecimento saudável é o equilíbrio. Por isso, lembre-se: dietas radicais são inadequadas e perigosas. É importante frisar que qualquer dieta, principalmente aquelas voltadas para a perda de peso, devem ser indicadas por um nutricionista.

2) Pratique atividades físicas

Além da alimentação equilibrada é importante sempre estar ativo e praticar atividades físicas. Dentre elas estão a musculação, danças, lutas, corridas e até mesmo caminhadas, que são mais tranquilas. Qualquer pessoa pode praticá-las, cada um no seu tempo e intensidade, sempre consultando um especialista da área para guiar nesse momento.

3) Check-ups regulares

Estar com a saúde em dia é essencial para manter o corpo e mente saudáveis. Acompanhar a situação em que o corpo se encontra e assim entender o que ele necessita, se está faltando alguma vitamina ou se você está com alguma doença desconhecida até então. Faça visitas regulares ao médico e realize check-ups, assim você cuidará melhor do seu corpo e estará no caminho para envelhecer com saúde.

4) Cultivar laços familiares

Para manter uma mente saudável é sempre bom cultivar e manter laços com familiares e amigos. De vez em quando precisamos conversar e encontrar pessoas para relaxar, descontrair e aliviar um pouco a mente. Faz bem manter pessoas especiais por perto e compartilhar bons momentos.

5) Evite o estresse

O estresse pode desencadear diversas doenças e também deixar pessoas mais tristes, chegando até no estado de depressão. Tente sempre tirar um dia para relaxar e deixar os problemas de lado. Os hobbies podem ser uma alternativa nessa hora para deixar a mente mais quieta e saudável, sendo um refúgio para o bem-estar mental.

Agora, é só colocar em prática desde já e colher os resultados para envelhecer com saúde.

Dicas de alimentação saudável no dia a dia

Para se ter uma melhor qualidade de vida é imprescindível pensar na alimentação saudável. Com a correria do dia a dia fica cada vez mais difícil planejar um cardápio benéfico, mas é preciso esforço, pois as recompensas são inúmeras.

Para que a alimentação seja saudável, ela deve ser composta de fibras, vitaminas, gorduras boas e carboidratos, quanto mais variada melhor e sempre com moderação. É importante adequar cada tipo de alimento aos horários de refeições durante o dia, sempre evitando passar longos períodos sem comer nada.

HÁBITOS DE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Para que a alimentação saudável se torne uma rotina, é preciso estabelecer metas. Comece com uma meta semanal, prepare seus alimentos antes, escreva tudo o que pretende comer durante o dia, coloque alarmes para não se esquecer e seja persistente. Além disso, algumas práticas devem ser adotadas para colocar o organismo em ordem:

  • Nunca dispense o café da manhã: Passamos cerca de 8 horas em jejum, logo precisamos repor nutrientes. O café da manhã é ideal para perder peso ou mantê-lo, para isso ele deve ser rico em fibras e proteínas, como leite semidesnatado, frutas, pão integral e queijo magro.
  • Não passe longos períodos sem comer: Faça pequenos lanches entre as grandes refeições, isso ajuda a acelerar o metabolismo e auxilia na perda de peso. Além disso, evita que a pessoa busque comer mais na próxima refeição.
  • Inclua os alimentos naturais: A rotina atribulada, principalmente em grandes cidades, faz com que busquemos alimentos rápidos e em sua maioria industrializados. Mas opte sempre por uma refeição mais natural possível. Se vai comer um macarrão industrializado, faça você mesmo o molho de acompanhamento, se vai tomar um suco, busque o natural. Alimentos industrializados são ricos em substâncias com alto teor de sódio que causam o mau funcionamento dos rins e hipertensão.
  • Faça refeições balanceadas: A não ser que você tenha que fazer uma dieta restritiva, coma de tudo, com moderação. Se você não entende muito bem sobre micronutrientes, a receita para uma refeição equilibrada é a diversidade de alimentos e de cores no prato.
  • Deixe o açúcar de lado: Alimentos com alto teor de açúcar refinado passam por diversos processos químicos que os deixam nocivos à saúde do corpo. Hoje em dia encontramos adoçantes com sucralose e stevia, que têm um índice glicêmico menor. Também é recomendado trocar o docinho das sobremesas por frutas secas.

MARMITA NO DIA A DIA

Para quem trabalha fora, a hora do almoço sempre vem acompanhada da dúvida “almoçar em restaurante ou levar marmita?”. Muitas vezes não temos tempo de preparar a marmita para o almoço do dia seguinte, mas a marmita além de econômica, pode ser uma forte aliada da alimentação saudável no dia a dia. Leve saladas à parte, invista em proteínas magras, sem frituras e abuse dos legumes cozidos. Lembre-se: quanto mais colorido, melhor.

A dica final é procurar sempre comer o que você gosta, a comida no dia a dia deve ser prazerosa, coma de tudo um pouco e de todos os grupos de alimentos. Com o excesso de informações sobre alimentação, as pessoas tendem a ficar com medo de consumir um ou outro alimento, mas uma dieta saudável é aquela que envolve todo tipo de comida, sempre com moderação. Com práticas simples, inseridas aos poucos na rotina, é possível sentir uma melhora no bem-estar, em pouco tempo.