Arquivo da tag: período de internação

Você no hospital: como evitar infecções no ambiente hospitalar

O ambiente hospitalar pode ser propício a infecções se não forem observados alguns cuidados, que precisam da atenção de pacientes e familiares durante o período de internação. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), entre 7% e 10% dos pacientes internados são afetados por infecções hospitalares – principal causa de complicações durante a permanência no hospital.

Como sempre, o primeiro passo é respeitar as recomendações feitas pela equipe médica. Também é importante questionar diariamente se ainda é necessário o uso do cateter, pois eles podem ser uma fonte de infecção. Os cateteres ficam na veia do paciente e são usados para administrar medicação e coletar exames.

Alguns vírus, como o da gripe, podem ser transmitidos ao paciente por espirro ou tosse. Se uma visita ou familiar estiver com sintomas da doença, é importante usar máscara cirúrgica para proteger as pessoas do entorno. Outro cuidado importante é cobrir a boca e o nariz com um lenço ou com o antebraço quando for tossir ou espirrar. Não use as mãos. 

A higienização das mãos, inclusive, é a medida individual mais simples para prevenir infecções, e ao mesmo tempo uma das mais importantes, pois elas são a principal via de transmissão de microrganismos durante os cuidados com os pacientes. 

Para saber como higienizar as mãos corretamente, pergunte para a equipe do hospital. Pode-se usar água e sabão ou álcool em gel. Primeiro, limpe as palmas e depois o dorso, polegares, articulações e pontas dos dedos.

Nas seguintes situações, é fundamental fazer a higienização das mãos: 

  • Antes e depois de tocar no paciente para, por exemplo, ajudá-lo em algum movimento, dar um aperto de mão ou verificar a pressão arterial; 
  • Antes e depois de tocar alguma superfície ou objeto próximo ao paciente;
  • Antes de realizar algum procedimento asséptico, como fazer um curativo, mexer no cateter ou sonda; 
  • Após ficar exposto a fluidos corporais do paciente.

Sua participação é essencial para o hospital prestar o melhor atendimento. Baixe gratuitamente a Cartilha de Segurança do Paciente da Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp) e tenha mais informações. Ela está no Anahp On Demand: https://ondemand.anahp.com.br/curso/publicacao-cartilha-de-seguranca-do-paciente-volume-2

Você no hospital: receber visitas é bom, mas também precisa de cuidados

Durante o período de internação, a presença de amigos e familiares ajuda, e muito, na recuperação do paciente. Mas para que sua visita leve apenas alegria ao quarto de hospital, você tem que estar de olho em algumas regras de segurança

Primeiramente, higienize as mãos antes de tocar no paciente ou em objetos próximos a ele. Não deite, sente ou coloque seus pertences em cima da cama do paciente. Familiares, amigos e nem mesmo o próprio paciente têm permissão para trancar a porta do quarto ou do banheiro. 

Se você estiver doente, melhor adiar a visita. E nunca é demais lembrar que fumar nas dependência do hospital é proibido por lei.  

Muita atenção ao que você leva para o paciente. Aquela comidinha que ele tanto gosta, por exemplo, só com a autorização do médico ou do nutricionista. Cada paciente tem uma dieta específica de acordo com seu diagnóstico, que precisa ser seguida para o sucesso do tratamento e recuperação mais rápida.

E mesmo que você queira muito ver uma pessoa querida que está hospitalizada, lembre-se de que é fundamental respeitar a determinação da equipe médica de restrições de visitas. Há pacientes que não podem recebê-las dependendo do caso. 

Sua participação é essencial para o hospital prestar o melhor atendimento. Baixe gratuitamente a Cartilha de Segurança do Paciente da Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp) e tenha mais informações. Ela está no Anahp On Demandhttps://ondemand.anahp.com.br/curso/publicacao-cartilha-de-seguranca-do-paciente-volume-2